• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    agosto 2009
    D S T Q Q S S
    « jul   set »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  

Gavestática 04 – Situações Constrangedoras

Salve salve ratos e traças! Estamos aqui apresentando o nosso quarto programa!

Falaremos hoje sobre aquelas coisas que queremos esquecer. As gafes e micos dos engavetados! Aproveitamos a oportunidade para agradecer ao pessoal do Lag Mental pela ajuda na divulgação do Gavestática!

Entre na sala, pegue um café e participe da conversa mandando um e-mail para: engavetados@gmail.com

Escute o programa em nosso player abaixo:


Baixe para o seu computador!

Tamanho: 14,5 mb
Duração:
31:45


Livro: Dias Contados – Contos Sobre o Fim do Mundo
———
Atenção: se o player ou o download não iniciar, tente recarregar a página.

Anúncios

19 Respostas

  1. Salve Salve senhores e senhora da gaveta!!
    Gostaria de relatar sobre o conto da vaca morta no quartel da cidade do bundinha (AIKEN).

    O soldado Motta daquele ano, avistou um vulto movendo o mato alto na parte de tras do quartel, procedeu entao o treinamento dizendo…
    “Identifique-se”
    sem resposta..
    “identifique-se”
    Nisso ele avista um olho vermelho no meio do mato, provavelmente uma refração da pouca luz que havia no olho do animal, ele acertou 3 tiros na cabeça. Depois de pagarem a vaca fizeram um churrasco e tudo ficou bem.

  2. Bem lembrado! Outra coisa constrangedora: ser chamado pelos amigos de “bundinha”!!!

  3. Hauehuahuaehuaeh, esse é o tipo de coisa que nao se escolhe, é mais como um karma.

  4. Huahauhaa esse podcast foi totalmente uma palhaçado…estranho quando conheci a VI ela parecia uma moça normal…rs…acho que depois que ela conheceu o Fly que as coisas mudaram…hauahuahuaha

    Vlw por terem indicado o livro =D

  5. Ferrero Roucher, ROSQUINHAS!!!

    EU RÍ ALTO!!! hduahduahudahud

  6. eu juro por deus que eu acreditava piamente, que o Aiken contaria umas histórias minhas. me senti frustrado ao saber que ele esqueceu-se das faltas de ar que tais histórias nos causaram a todos.

  7. esqueci de falar! eu criei este apelido pro AIken, e hj ele tem um mais bunitinho ainda

    não é “bubu”?

  8. Espera um pouco Ferdinando, apesar dessa area ser para comentar sobre o podcast, isso requer um pouco de atençao.

    COMO É QUE É?? “BUBU” AGORA SIM TA FICANDO MUITO CONSTRANGEDOR. EXPLICA A ORIGEM EXATA DO APELIDO, APESAR DE SABERMOS O REAL MOTIVO.

    Mas faz cinco minutos que eu to rindo.

  9. Bubu??? Nossa, em pensar que eu conheci o Diogo como o “Aiken Frost”, o Senhor do ódio, da tirania, da tortura e derivados…

    *DECEPCIONADO*

    Mas ainda achando graça! Hauhauha

  10. Eu ainda sou o Senhor do ódio, da tirania, da tortura e derivados, o problema é que tem gente que já está abusando da boa vontade…

  11. *MEDO*

    Sério….

  12. RI ALTOOO… kkkkkkkk

  13. Muito bom o podcast, ótimo para dar umas risadas aqui no maldito trabalho.

    Quanto à questão dos brasileiros no Japão, eu lembro de ter ficado chocado quando a minha sogra contou a mesma coisa. Era muita humilhação mesmo.

    Continuem com o bom trabalho. []

  14. Conheci um cara aqui na cidade, que na sua primeira viagem ao Japão foi comprar mangás para melhorar seu japones.
    Ao pagar, notou que a balconista deu um leve sorriso, ao sair e conferir os mangás, viu que eram hentais….

  15. de toda forma, mesmo o aiken com toda essa pose de tirania, odio, tortura e derivados, ele é uma pessoa sensivel

    né não bubu?

  16. o pior fui eu q cai subindo a escada rolante

  17. Escada rolante me faz lembrar que tem uma no aeroporto daqui que és esquisita. Ela só funciona quando você pisa nela. Só que ela só sobe. Ou seja, quando alguém vai inventar de descer por ela, a maldia começa a ir no sentido contrário.

    Já vi muitas situações ridículas, uma criança caiu e um outro maluco tentou descer com ela indo ao contrário mesmo. Hahaha

  18. Eita Diego, vou me lembrar disso qd for ao aeroporto :s

    kkkkkk

  19. putz,outro dia eu fui busca meu pai no aeroporto quando vi um velinho de muleta subindo essa escada.

    quando derrepente ele poem a muleta antes dos pés, a escada começou a se movimentar e ele caiu de cara na escada rolante.

    o velhino foi levado deitado pela escada rolante.

    o pior foi que eu tava atras dele e pq eu ri muito ele falo q eu empurrei ele.

    só sei q desse dia em diante eu nunca mais fui pegar meu pai dentro do aeroporto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: