• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    outubro 2009
    D S T Q Q S S
    « set   nov »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031

Desenterrando Tranqueiras: Fallout 1 e 2

Salve, camaradas! Mais uma vez, eu, Aiken, trago um desenterrando pra vocês. Depois de uma certa ausência, dessa vez o assunto são os meus jogos favoritos até hoje: FALLOUT!

THIS IS... VAULT THIRTEEN!!!

THIS IS... VAULT THIRTEEN!!!

Mas eu não estou falando daquela coisa pop chamada Fallout 3 (que não importam o que digam, NUNCA vai ser Fallout), da Bethesda e sim dos jogos clássicos desenvolvidos pela Black Isle Studios e produzidos por Tim Cain e Fergus Urquhart (Fallout 2). A série Fallout é baseada em um mundo pós-apocaliptico onde o jogador tem total liberdade para andar, fazer quests, coletar armas, equipamentos e aliados. O tipo de cenário sandbox, hoje praticamente tido como símbolo dos jogos da série GTA.

O cenário tem MUITO de Mad Max e de filmes e séries da década de 50. O medo da guerra nuclear que inspirou tantas histórias foi levado às últimas consequências pelos produtores do jogo e deu origem a uma espetacular narrativa recheada de referências e retrofuturismos. Computadores à válvula, pistolas de raios e muitas, MUITAS piadas ao tratar de tudo isso. Um humor negro, ácido e pilhas de citações à cultura pop completam o círculo. É possivel identificar coisas saídas de Star Trek, Doctor Who, O Guia do Mochileiro das Galáxias, Robocop, Monty Phyton… A lista é gigantesca.

O sistema SPECIAL, perceba que até mesmo o nome, sexo e idade podem ser mudados

Falando do sistema, Fallout 1 e 2 eram RPGs eletrônicos como pouquíssimos conseguiram ser até

hoje. Combinando uma possibilidade quase infinita de ações com uma enorme gama de diálogos, você pode levar o rumo da história para virtualmente qualquer direção. Inicialmente, os jogos iriam se utilizar o GURPS, da Steve Jackson Games, mas os frescos não permitiram a utilização do seu sistema de RPG, não querendo assossiá-lo a um jogo tão violento… Por este motivo, a série utiliza um sistema próprio chamado SPECIAL, também uma sigla, que pode ser achado como sistema de mesa com relativa facilidade na internet.

Infelizmente nem tudo são flores radiotivas e carnívoras no universo Fallout… Apesar de ser um jogo muito maneiro, Fallout 2 foi lançado às preças em ’98, tornando-o um dos jogos CAMPEÕES em bugs. São literalmente milhares deles. Um patch não-oficial lançado por Killap, um dos membros da comunidade online de Fallout, concerta sozinho mais de 1000 deles, sem falar nos patches oficiais. Não só isso, a comunidade Fallout, além de ser conhecida como a comunidade de jogadores mais xiitas e chatos de toda a internet (eu incluso, claro) vive lançando patches, mods e mais coisas pra Fallout ao longo dos anos. Esses dois são jogos que, se depender dos fãs de verdade, nunca vão morrer…

fallout2box.png

Uma resposta

  1. uma palavra pra definir:

    NOSTALGIA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: