• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    fevereiro 2010
    D S T Q Q S S
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28  

Desenterrando Tranqueiras: A origem das Tartarugas Ninjas

Cowabanga galera! No desenterrando de hoje falarei da origem de uma das coisas que mais fez parte da minha infância! As Tartarujas Mutantes Adolescentes Ninja! Sem dúvida, aquele primeiro desenho animado dos cascudos, que passou entre os anos 80 e 90 aqui no Brasil, esteve entre os meus programas favoritos e até hoje me bate uma nostalgia… Mas o que muitos não sabem é que as Tartarugas Ninjas tiveram a sua origem nos quadrinhos underground. Violentíssimos, a propósito.

A evolução das tartarugas até chegar na versão da primeira revista.

Estamos no ano 1983. Tudo começou quando dois sujeitos chamados Kevin Eastman e Peter Laird, provavelmente chapados, resolveram fazer sua própria história em quadrinhos. Depois de um brainstorm de idéias malucas, eles chegaram na conclusão que os protagonistas da história deveriam ser tartarugas treinadas na arte marcial do ninjutsu. Os amigos bateram na porta de várias editoras, na esperança de que alguma delas produzisse a tal revista, mas em todas essas ocasiões eles ouviram a mesma resposta:

“Estão malucos?! Isso não dá dinheiro!”

Não conformados, os dois não abandonaram a idéia e resolveram bancar a produção da HQ de forma independente. Com o suporte de um tio de Kevin, a dupla consegue, em 1984, lançar uma tiragem de 3000 exemplares da sua revista em preto e branco, desenhada por eles próprios.

Todas as edições foram vendidas em poucos dias.

A história underground tinha como cenário a cidade de Nova York, de uma forma bem sombria, sempre tendo a noite como palco. Diferente da série animada, e até dos filmes, as tartarugas não eram tão “carinhosas” e lutavam em nome da vingança de seu mestre Splinter, o rato. O que também conquistou fãs foram as referências a outras revistas populares da época, como Demolidor e X-Men, além de outros sucessos da cultura pop. Basta dizer que as primeiras palavras ditas por uma das tartarugas, ainda bebê, foram: “Star Trek”.

Desnecessário comentar que depois disso várias editoras ficaram de olho nos 4 cascos e  logo surgiram outras revistas em uma qualidade gráfica superior, além do desenho animado, jogos de fliperama e até filmes em live action.

Mesmo não estando sempre tão ativas, de tempos em tempos, as tartarugas dão as caras na mídia. Em 2007 foi feito um quarto filme, em cgi, o qual particularmente não me agradou tanto, mas obteve sucesso suficiente para possíveis continuações no futuro.

Ainda hoje sinto falta da série animada que  eu assisti por tantos anos na Globo, aquela dublagem era demais! Da mesma forma que aconteceu com The Tick, a série simplesmente acabou e nunca mais foi transmitida. É uma pena que não tenha acontecido no Brasil o mesmo hype que houve lá fora.

Photobucket

Anúncios

3 Respostas

  1. Pow não conhecia essa origem, e acho que quem assiti as tartarugas ninjas que passam hj, nem vai chegar a conheçe o desenho antigo.

    é uma pena.

  2. Eh o tipo de desenho onde a espada do Donatello não poderia simplesmente fatiar o inimigo hehehe… adoraria ler esses quadrinhos underground!!

    – cowabunga dude!!!

  3. @Milton

    Donatelo tinha um bastão, cara! rs… O Leonardo que tinha as espadas. =]

    A propósito, eu tenho as revistas no pc. Admito que não li quase nada até agora, mas assim que eu tiver um tempinho vou cintinuar a leitura… Tou achando bem bacana. Trash ao extremo! Hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: