• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    março 2010
    D S T Q Q S S
    « fev   abr »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  

Tomo da Traça – Saga: Discworld

Os antigos sábios do passado consideravam a terra como um disco plano, onde o Sol e a Lua giravam em torno de nós. Agora imagine esse mesmo disco de terra sendo sustentado por quatro elefantes gigantescos, e que logo abaixo deles, uma, ainda mais colossal, tartaruga agüenta tudo no casco, que não obstante, nada pelo oceano galático.

Baseado nessa crença, muito antiga e proveniente do hinduísmo, Terry Pretchet iniciou uma grande, pra não dizer gigantesca, saga de 34 livros nesse estranho e absurdamente mágico mundo.

Nele, coisas fantásticas acontecem sem a menor explicação. Sua narrativa envolvente do típico humor inglês traz a sutileza de acontecimentos cotidianos para a vida de aventureiros, magos, monstros, deuses, e até para um  dos mais irreverentes personagem, o Morte. Um mundo tão mágico que sua atmosfera pesada de magia reduz a velocidade da luz, possibilitando até o estoque da mesma em depósitos mágicos. Um lugar onde o número 8 possui um mistério maior do que a própria criação do universo, do qual ele mesmo faz piada sobre piada. Sua cidade principal se chama Ankh-Morpork (Ankh é o nome do rio que a trespassa, e Morpork é um trocadilho sugestivo das palavras more [mais] e porky [porco]), onde seus habitantes relembram dignamente o povo medieval com seus hábitos detestáveis de higiene pessoal e ganância sobre-humana.

Infelizmente, no Brasil foram lançados apensar 13 livros dessa imensa série. Porém, cada qual com uma tradução de primeira, sempre buscando aproximar ao máximo os trocadilhos de Terry Pretchet na língua inglesa para o português.

Apenas os dois primeiros dois livros possuem uma linearidade. Nele, Rincewind, um mago que fora expulso da escola de magos por ter levado consigo um dos oito feitiços primordiais da criação do universo, vive uma vida chata e desiludida. Sua expulsão deu-se porque cada feitiço tem vontade própria, e depois de liberado após uma aposta entre os alunos, o tal feitiço entrou em sua mente, fazendo todos os feitiços que “pensam” em entrar na mente de Rincewind fugir de medo.

Para dar ação a sua vida, um turista de outra região do Discworld aporta em Ankh-Morpork, um cidadão pueril que busca exclusivamente presenciar os fatos heróicos que ele lê em livros e fugir do seu lar: o Império Dourado, chato e que não tem nada de mágico ou heróico. Destaque para a sua bagagem muito peculiar, que possui vontade própria, muitas pernas para andar sozinha, um mal humor inacreditável e uma insaciável fome por pessoas curiosas (sim ,ela engole gente), tendo como única prioridade proteger seu proprietário, ficando ao seu lado.

Os caminhos que ambos percorrem são de fazer qualquer um rolar de rir, num misto de fantasia fantástica exagerada com humor negro descarado.

Receita infalível para quem gosta de RPG e assuntos do tema.

DISCWORLD
Autor: Terry Pretchet
Editora: Conrad Editora
Número de Livros: 34

2 Respostas

  1. Cara, eu tenho a impressão que eu cheguei a me interessar por um livro desses no passado… Não lembro bem, mas acho que vi uma resenha sobre um títulos numa Dragão Brasil (aquela revista de RPG, nem sei se existe ainda).

    Pelo menos tinha uma capa nesse estilo e se tratava de uma sátira com essa temática. Acho que o nome era algo relacionado a “Escola de Magia”… Existe algum sobre isso?

    Bom texto, brother. Até me interessei! Principalmente por serem histórias sem uma linha temporal. Assim não preciso ler dezenas de livros. rs

  2. o bizarro deve ser arrumar esses livros pelo jeito são meio “raros”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: