• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    maio 2010
    D S T Q Q S S
    « abr   jun »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  

Gavestúdio: Radiohead

http://www.podomatic.com/mymedia/get_media?item_id=2997974&dl=1

Photobucket

“A diferença entre eu e Bono Vox é que ele fica completamente feliz em elogiar pessoas para conseguir o que ele quer, e ele é muito bom nisso, mas eu simplesmente não posso fazer isso. Eu provavelmente acabaria dando um murro na cara deles em vez de apertar as suas mãos, mas isso é melhor do que ficar fora do caminho deles. Eu não posso simpatizar com esse nível de besteira. É uma vergonha, verdade, e num caminho, isso pode ajudar se eu quiser, mas eu não posso. Eu admiro o fato de Bono poder, e poder caminhar através disso cheirando a rosas.” – Tom Yorke

O Radiohead, sem dúvidas, é uma das maiores bandas do mundo, aparece seis vezes no livro “1001 discos para ouvir antes de morrer”, tem um som extremamente singular, inovador e viciante, mas cuidado: o excesso de Radiohead pode fazer mal a saúde.

Photobucket

Eles são tudo que muitas bandas queriam ser. Ninguém, após escutar suas canções, volta a ser o mesmo, com letras filosóficas e sonoridade cativante, a música faz você pensar sobre suas atitudes, seu modo de vida e sua visão política, como por exemplo, as músicas “Fake Plastic trees” e “Just”, que, mesmo com uma linguagem simbólica, é possível entender perfeitamente sua mensagem sobre o estilo de vida ocidental. A banda começou em Oxford, Inglaterra, ainda na escola, com o nome de “On a Fridays”, pois era o único dia na semana em que podiam ensaiar e mais tarde viria a se chamar Radiohead.

Tom Yorke, o band leader, não teve uma vida escolar das mais agradáveis, ele nasceu com o olho esquerdo paralisado, e foi submetido a várias operações em seus primeiros anos de vida, porém uma de suas cirurgias não foi muito bem sucedida, o que resultou em seu tradicional “olho caído”, devido a esse incidente, Tom foi apelidado por seus colegas de escola de “salamandra”. O tipo de meio ideal para gerar bons músicos e compositores.

O primeiro sucesso da banda veio com a música “Creep” (curiosamente escrito no banheiro masculino do clube de estudantes The Lemmy da Universiade de Exeter). A música atraiu a atenção da mídia, porém a critica não foi muito positiva, a BBC radio não tocou a música, alegando que esta era muito depressiva. Porém nos EUA a música foi muito bem aceita se tornando um hit da MTV e rádios estadunidenses.

Photobucket

Foi no segundo álbum da banda que realmente conheceram o sucesso, “The Bends” trouxe as aclamadas músicas “Fake Plastic trees”, “Just” e “My Iron Lung”, na época o Radiohead estava abrindo os shows para o R.E.M. Michael Stipe, vocalista dessa última, disse: “Radiohead é tão bom, eles me assustam.”

“OK Computer” foi o nome dado ao terceiro álbum, este se distingue por ter sido produzido pelos próprios membros da banda, a sonoridade vem com um rock melódico adicionado de efeitos de ambiente e música eletrônica, foi um sucesso na critica, tendo como principais hits as músicas “Paranoid Android”, “Karma Police” e “No Surprises”.

Depois do sucesso de “OK computer”, Tom passa por um período de depressão e bloqueio criativo, o álbum “Kid A” demorou quase dois anos para ser lançado e apesar de não ter atingido o sucesso dos anteriores, foi importante para a mudança no estilo da banda. Teve boa aceitação na mídia, mesmo com os problemas de Tom, mas não foi tão notório como os antigos. O quinto álbum, “Amnesiac”, veio como um “complemento” para o “Kid A”, mantendo o mesmo estilo musical.

O álbum posterior, “Hail to the Thief”, mistura gêneros de todas as fases da banda, o que foi bem aceito pela crítica, dando uma reerguida na carreira dos caras.

Photobucket

In Rainbowns, sem dúvidas, foi o que gerou mais polêmica, devido ao fato da banda ter disponibilizado o álbum para download em seu site, onde você poderia decidir quanto pagaria pelas músicas, podendo, inclusive, não pagar nada, claro que isso gerou certa revolta no mundo da música, alguns consideraram como uma jogada de mestre e os outros como uma desvalorização da música, coisa que a banda não deu a mínima importância, pois não nutrem simpatia pela indústria fonográfica e pela imprensa.

Tom Yorke também tem outros trabalhos paralelos com Björk, PJ Harvey, James Lavelle, The Flaming Lips, U.N.K.L.E., e DJ Shadow.

Os vídeos do Radiohead são sempre interessantes de se assistir, dê uma conferida (todos com legenda):

4 Respostas

  1. Digamos que Radiohead está na lista de bandas que pretendo dar mais uma atenção…Vejo que os caras tiram um som legal, e tem músicas muito boas, até passando o ouvido rapidamente, como Karma Police, ou Kama Police…sei lá, que eu gosto pra caramba.

  2. Vou dar mais atenção para esta banda,já que dizem ser tão boa.
    No próximo Gavestudio,poderiam falar sobre Green Day?

  3. Eu pessoalmente curto muito o som dessa banda, uma das minhas preferidas. Fake Plastic Trees já esteve em meu tocador de MP3 durante muito tempo rs.

    Parabéns alexandre pelo ótimo artigo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: