• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    junho 2017
    D S T Q Q S S
    « fev    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  

Tomo da Traça: Xamã

Para o primeiro tomo do ano, apresento a vocês o livro que foi o primeiro ganhador do prêmio de melhor ficção histórica, em 1993, concedido pela Sociedade Americana de Historiadores (o que não é pouca coisa, acreditem): Xamã, de Noah Gordon.

Continue lendo

Crítica Classic: Alien – O Oitavo Passageiro, de Ridley Scott

Você consegue lembrar qual o último filme que combine sci-fi e terror que deixou você vidrado e colado na cadeira? Um pouco difícil não? Posso não lembrar de imediato do filme mais recente que conjugue estas características, mas os grandes clássicos logo vem à mente; e entre os clássicos alguns poucos representantes se sobressaem. Este é o caso de Alien – O 8o Passageiro (Alien/1979/EUA, Reino Unido), a primeira grande ficção do diretor inglês Ridley Scott e que se tornou um padrão de referência quando se fala em criaturas alienígenas assustadoras.

Continue lendo

Crítica: Fuga de Nova York, de John Carpenter

PhotobucketJohn Carpenter é um cineasta mais do que subestimado. Dá pra contar nos dedos de uma mão os diretores que conseguem se estabelecer como artistas autorais, terem apelo comercial, e ainda conseguirem uma legião de fãs ensandecidos. Os filmes de Carpenter não são exatamente bons, mas abordam uma linha que vai da ficção científica/fantasia, como Starman – O Homem das Estrelas (1984) e Memórias de um Homem Invisível (1992), ao terror trash/non-sense de Christine – O Carro Assassino (1983) e Fantasmas de Marte (2001). Fuga de Nova York (John Carpenter’s Escape From New York/EUA/1981) ocupa uma posição de destaque na filmografia do velhinho, destacando-se como um filme de ação cult por apresentar uma realidade alternativa quase apocalíptica.

Continue lendo

Crítica: A Mosca, de David Cronenberg

Photobucket

Be afraid. Be very afraid… A Mosca (The Fly, EUA, 1986) foi a sina de muitos pais durante o final da década de 80 e início da década de 90, quando o filme teve as primeiras exibições na TV aberta. Apesar de sempre passar muito tarde, a criançada sempre arrumava um jeito de assistir, e claro, acabava dormindo muitas das noites seguintes na cama paterna. O interessante é que o filme de David Cronenberg não mira nos sustos e no medo do sobrenatural, mas sim no terror psicológico causado pela situação bizarra e angustiante que acomete o personagem principal.

Continue lendo

Análise: Distrito 9

Olá companheiros humanos! Flyfish de volta para mais uma análise! Hoje eu visitei o Distrito 9, acompanhado de alguns membros serelepes da MNU, e agora falarei de tudo que encontrei por lá. Cliquem na imagem para assistir!

[blip.tv ?posts_id=2747571&dest=-1]

Ficha Básica
Direção:
Neill Blomkamp
Ano: 2009
Gênero: Ação / Ficção Científica
Duração: 112 minutos
Censura: 14 anos

———
– Todas
as cenas do filme são marca registrada de seus proprietários.

Análise: De Volta para o Futuro

Olá povo da gaveta! Eu sou o Fábio Nazaré, e a análise de hoje volta no tempo até 1985, na cidade de Hill Valley! Isso mesmo,  estamos falando de De Volta para o Futuro. Esta análise faz parte do combo Zemeckis, que também inclui a crítica de A Lenda de Beowulf, que será postada amanhã. Portanto, clique na imagem e dê uma voltinha no Delorean com Marty Mcfly!

[blip.tv ?posts_id=2575481&dest=-1]

Ficha Básica
Direção:
Robert Zemeckis
Ano: 1986
Gênero: Ficção Científica / Aventura
Duração: 117 minutos
Censura: livre

———
– Todas
as cenas do filme são marca registrada de seus proprietários.