• Categorias

  • Arquivos

  • Agenda

    fevereiro 2010
    D S T Q Q S S
    « jan   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28  

Gavestúdio: Jamiroquai, o funk britânico.

http://www.podomatic.com/mymedia/get_media?item_id=2680640&dl=1

“Dance, nothing left for me to do but dance”
Canned Heart – Jamiroquai

Photobucket
Fala aí galera que acompanha o Gavestúdio, hoje vamos continuar o nosso tour pelo mundo, saindo da Austrália, agora vamos para a Inglaterra conhecer mais sobre o Funk inglês (sim Funk inglês) mas não confunda pois ele é bem diferente do nosso. Trata-se mais especificamente de uma mistura chamada de Acid Jazz que é a junção do Funk com Disco e Soul, e ninguém melhor para representar esse estilo que a banda Jamiroquai.

Jamiroquai é uma banda de Acid Jazz ou simplesmente Funk, surgida no inicio dos anos 90 e que tem como vocalista e líder Jason Kay, um cara um tanto quanto estranho que usa um chapéu diferente,  canta muito e dança engraçado. A banda teve nada menos que mais de vinte e cinco milhões de discos vendidos ao longo da carreira, além de 141 semanas entre as músicas mais tocadas (1992-2005). Interessou-se? Então leia mais!


Photobucket

Jason Kay (Jay kay)

Após ter sido recusado na audição para se tornar vocalista da banda Brand New Heavies Jason Kay, ou simplesmente Jay Kay, resolve reunir os músicos N. Van Gelder, Toby Smith, Stuart Zender e Wallis Buchanan, para formar uma banda, e assim surge o Jamiroquai. Um nome um tanto estranho assim como sua origem. O nome Jamiroquai é derivado de Iroquoi (tribo de nativos norte-americanos), com os quais Jay Kay diz se identificar filosoficamente, combinado à expressão ‘Jam’, como em Jam session. O sucesso começou logo com o primeiro single da banda ”When you gonna learn?” que gerou uma disputa entre as gravadoras, e, no final, quem se deu bem foi a Sony oferecendo um contrato para oito álbuns, e podemos dizer, que ambos os lados saíram ganhando já que a banda vendeu mais de vinte e cinco milhões de discos e jay Kay era apenas um jovem que andava de skate, gostava de roupas vintages e usava um chapéu estranho.

O primeiro álbum foi oPhotobucket “Emergency On Planet Earth”, de 1993 que mais vendeu  em menos tempo desde George Michael com “Faith”. Em 1994 lançaram ‘The Return Of the Space Cowboy”, um álbum bastante agressivo, tanto nas letras quanto na melodia, mas, o sucesso mundial mesmo, veio com o álbum “Travelling Without Moving” que trouxe um aviso preocupante com o avanço da engenharia biogenética, seu primeiro hit foi a música “Cosmic Girl”, mas o grande sucesso desse álbum foi “Virtual Insanity” lançado no mesmo dia em que a ovelha Dolly nasceu (para quem não sabe, foi o primeiro mamífero a ser clonado com sucesso a partir de uma célula adulta) e foi responsável pela conquista do Grammy e mais quatro prêmios na MTV, além de ter ajudado o álbum a alcançar o status de platina em todo o mundo. Foi a música de maior sucesso deles aqui no Brasil, o clipe é bem interessante, tem uns efeitos cinematográficos legais. Depois desse sucesso todo, assim como acontece com a maioria das bandas e grupos de sucesso, durante a gravação do novo álbum “Synkronized” o baixista Stuart Zender deixa a banda, segundo boatos, alegando que Jay ganhava muito mais dinheiro que o resto da banda e, por motivos de direitos autorais, o álbum teve que ser refeito e novas musicas tiveram de ser criadas, há também a especulação de que a última faixa do “Synkronized”, “King for a Day”, é composta pelo Jay sobre a sua visão a respeito de Zender e de sua ganância. Em 2001 lançaram “A Funk Odyssey” e logo se retiraram prara gravar o próximo álbum “Dynamite” (2005), que foi escrito e gravado na Espanha, Itália, Costa Rica, Escócia, Nova Iorque, Los Angeles e também no seu próprio estúdio,  em Buckinghamshire. O álbum é a conseqüência de som da banda. Um álbum com um Funk bem característico como a música “Feels Just Like It Should” e “Seven Days in Sunny June”, Soul leve no modo Jamiroquai. Desde o primeiro álbum até “Dynamite” apenas Jay kay ficou da formação atual.

Photobucket
Posso dizer que Jay Kay soube aproveitar a fama e sua fortuna, na lista de suas ex-namoradas estão Winona Ryder e Denise van Outen. Jay também tem uma mansão em Buckinghamshire e uma coleção de carros desportivos compostos por carros como: Aston Martin DB5, Ferrari F355, Ferrari Mondial, Ferrari F40, Ferrari F50, Enzo Ferrari  (que é basicamente um carro de corrida disfarçado de carro de rua). Ele diz que é o melhor carro que dirigiu. Em maio de 1998, Kay foi detido guiando a 180 Km/h e teve sua habilitação suspensa por 42 dias. Na ocasião ele declarou: “Eu deveria considerar-me um sortudo. Já guiei a 281 Km/h numa estrada pública. Se eu fosse apanhado, deveria ficar preso.”

Photobucket

Lamborghini Diablo de jay Kay após acidente

Music Videos:

Site Oficial

Myspace

Orkut

9 Respostas

  1. Space Cowboy é um dos hinos dos anos 90 hehe

  2. Eu por muito tempo achei que Jamiroquai era o nome do vocalista! Hahaha… Acho que foi um erro comum, já que ele sempre aparecia só nos clipes.

    Eu gostava do som deles, mas depois que sairam da mídia eu também não fui mais atrás.

    Putz, deu dó da Lamborghini Diablo… =/

  3. Funkeiro é tudo igual num pode ter dinheiro que ja quer comprar carrão e fazer bobgens hauhuahuahua

  4. Jamiroquai é algo que não tenho nos meus mp3, mas se toca numa festa ou num bar é impossível ficar parado.

    Lembro que assistia muito o clipe da música que era trilha do filme Godzilla.

  5. recomendo album “Jamiroquai – High Times – The Singles 1992 – 2006 [2006]”
    tem o indispensável deles, bom para qualquer um que goste de boa música

  6. como sempre os comentários do Anderson são sabios!.
    “Jamiroquai – High Times – The Singles 1992 – 2006 [2006]” muito bom!!

  7. Muito boa dica galera realmente tem o enssencial de Jamiroquai nesse CD.

    Acabei de baixar b )

  8. Sou fanzasso, Jay kay me amarrei na matéria, muito boa! Gosto das músicas da banda em especial King for A Day e Talula, batidinha suave e maneira, e viva o acid jazz!

    Abobai!!!

  9. cara pra quem estuda musica é quase que impossível não ser influenciado, nem que seja pouco, pelo jazz, funk, r&b em geral e o jamiroquai não é excessao, o acid jazz deles é contagiante

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: